Custos de Reforma: Por que devo estimar a reforma do meu banheiro?

Se você está pensando em reformar algum cômodo da sua casa, como o banheiro, por exemplo, saiba que é preciso ter um planejamento. Afinal, uma reforma sem planejamento  pode envolver gastos adicionais que comprometem o seu orçamento disponível. Então, confira  a seguir a importância de estimar os custos de reforma do seu banheiro.  

Custos de Reforma: Por que devo estimar a reforma do meu banheiro?

Etapas para ter um projeto de banheiro 

Para ter o seu projeto de reforma de banheiro, é preciso pensar em algumas etapas que  compõem essa obra. algumas delas são:  

1. Briefing: neste momento, o profissional responsável por sua reforma irá entender suas  necessidades e de que forma isso pode estar disposto no projeto de reforma. Por isso,  você deve esclarecer o que espera ou não desse novo banheiro; 

2. Criar alternativas: a depender do seu orçamento disponível para essa reforma, o  projetista irá pensar em algumas alternativas para tornar a reforma viável, como  economizar em alguns aspectos e investir melhor em outros;  

3. Orçamento e projeto executivo: neste momento, é preciso comparar o orçamento  livre com possibilidades de itens, como o revestimento (piso e paredes), parte elétrica,  hidráulica, vidraçaria e outros;  

Pontos a serem considerados na hora de reformar banheiro 

Custos de Reforma: Por que devo estimar a reforma do meu banheiro?
Imagem: @giulialargura.interiores

Na hora de reformar um banheiro, você precisa levar em consideração alguns fatores  primordiais, tais como:  

Layout: de maneira a otimizar o espaço e valorizar o ambiente – em alguns casos, fazer  com que o banheiro pareça maior; 

Instalações: como pontos de luz, dimensões dos tubos, tubulação de esgoto, tomada  para chuveiro e secador de cabelo e outros;  

Tipos de revestimento para o cômodo: o banheiro costuma ser um lugar único, e por  isso é preciso investir em materiais próprios para isso, porém, isso não significa que o  revestimento deve ser desagradável;  

Louças sanitárias: a louça integra a parte estética deste cômodo, e isso deve ser  pensado de maneira estratégica e com uma certa antecedência;  

Iluminação do banheiro: o banheiro tem uma iluminação própria, não bastando ter luz  central, mas incluir também alguns fatores adicionais (luz de maquiagem, luz baixa e  cromoterapia, por exemplo);  

Box: essa área é destinada ao momento de banho, logo, ele deve ser relaxante,  aconchegante e prazeroso. Caso você queira algo mais requintado, considere inserir  ralos escondidos que se camuflam no piso;  

Mobiliário: por fim, é preciso pensar nos móveis que compõem o banheiro,  priorizando tons similares e que combinem entre si.  

Principais motivos para estimar o valor da reforma do seu banheiro

Muitos não estimam a sua reforma antes de dar início à obra no banheiro, contudo, essa é  uma prática perigosa. Afinal, estimar a reformar antes de dar início à execução previne gastos  adicionais e prejuízos no futuro.

Banheiro pequeno com armário verde
Imagem: @amais.studiocriativo

Alguns motivos para estimar esse valor são:  

1 – para não escolher os materiais errados

2 – para ser mais realista em relação aos custos da reforma 

3 – evitar desperdícios de materiais 

4 – ter o banheiro do jeito que você deseja, e não por um plano alternativo

5 – para poder priorizar os gastos 

6 – um bom planejamento evita perder o foco 

Melhor tipo de revestimento para usar na reforma do banheiro 

Uma outra decisão muito importante na hora de reformar o seu banheiro é o tipo de  revestimento que será utilizado. Nesse sentido, é interessante conhecer os diferentes tipos de  material que podem ganhar destaque nesse novo cômodo.  

Porcelanato: esse é o material mais usado, tendo em vista o custo-benefício que ele  agrega em uma obra, além da sua sofisticação e resistência. É interessante ressaltar  que o porcelanato pode estar presente nas bancadas, paredes e pisos;  

Madeira: a madeira está presente em muitas reformar devido a sua beleza, resistência  e aconchego agregado ao ambiente. Esse tipo de revestimento pode estar em  reformas que desejam ser “frias”, inclusive no sentido literal da palavra, devido o seu  conforto térmico.  

Piso vinílico: ideal para reformar com um orçamento limitado, cujo material é feito de  PVC, sintético, que, apesar de diminuir a qualidade, é uma opção mais viável;

Piso monolítico: uma nova tendência no meio de reformas, que nos remete ao estilo  industrial em casas, trazendo destaque ao piso de cimento queimado, com um dos  efeitos estéticos mais agradáveis.  

Como a calculadora de custos de reformas do Quanto Custa Reformar  pode ajudar?  

O primeiro passo para uma reforma bem sucedida é estimar quanto essa obra irá custar. Com  o devido planejamento, o ambiente terá funcionalidade e conforto sem gastos exagerados.  Nesse momento, a calculadora de custos do Quanto Custa Reformar é a ideal, pois consegue  entregar uma estimativa personalizada, gratuita e sem intermediários. É possível, também, obter um orçamento detalhado com sugestões de materiais com bom custo-benefício e ainda  as quantidades certas para a compra, evitando desperdício. 

Essa ferramenta gratuita lhe dá, de forma precisa, a oportunidade de ter um projeto bem  elaborado de reforma. Clique aqui e saiba quanto custa reformar o seu banheiro. 

Gostaram?? Compartilhe esse post nas redes sociais =)